5 exemplos de ações de live marketing para você adotar na sua empresa

4 minutos para ler

As ações de live marketing proporcionam uma experiência diferenciada entre a marca e o público. Esse formato de comunicação promove maior aceitação dos produtos e serviços, ou mesmo propósitos, ao criar uma maior interação com os consumidores.

Ao longo dos anos, as empresas evoluíram suas estratégias, principalmente, porque as gerações também mudaram. Antes, as campanhas estavam nos pontos físicos. Hoje estamos mais digitais e isso influencia muito em como alcançar o público e reforçar a sua branding. Por isso, muitas marcas procuram aumentar suas presenças nas mídias sociais.

Vamos conferir 5 exemplos que mostram essa evolução temporal nas ações de live marketing? Cada um deles tem elementos que você pode usar na sua empresa!

1. Mamíferos da Parmalat

Um case clássico de marketing nos postos de venda é a distribuição dos bichinhos de pelúcia da Parmalat, ainda na década de 1990. Até hoje é uma referência quando falamos em ações de live marketing no Brasil.

Pela estratégia, a marca gerou um aumento de 80% no seu reconhecimento e posicionamento de mercado, aumentando a fidelização de consumidores. Foram distribuídos mais de 15 milhões de pelúcias, que mantiveram o awareness vivo nas prateleiras e mesas de várias famílias no país.

2. Palitos premiados da Kibon

Uma ação que também era muito comum nos anos 1990 foi a disponibilização de brindes em palitos premiados. Em 2008, a Kibon adaptou a campanha para distribuir brindes mais modernos: foram 10 mil iPods liberados em mais de 90 mil postos de vendas. Isso levou a um aumento de 31% das vendas no período em questão e explorou uma experiência diferenciada ao público.

3. Laptops no Walmart

Em 2016, o Walmart utilizou ações de live marketing para vender laptops da HP no Natal. A campanha propôs uma demonstração ao vivo do produto nas lojas para os consumidores interessados nos produtos.

A ideia foi florescer o senso de urgência nos clientes para que eles vissem os benefícios da aquisição e aproveitassem o momento para realizar a compra. Com isso, o supermercado aumentou as vendas e gerou mais receita no fim de ano.

4. O streaming do Buzzfeed

O streaming tem se tornado uma ferramenta interessante para atrair o público. Uma prova disso é uma ideia do Buzzfeed em 2018, que conseguiu atingir nada menos que 807 mil espectadores em sua transmissão ao vivo.

A live consistia em colocar elásticos em uma melancia até que ela explodisse. O objetivo era contar quantos itens seriam necessários para esse fim. Mesmo que a ideia fosse simples, foi suficiente para gerar publicidade à marca e divulgar seus conteúdos.

5. Do It Yourself na Martha Stewart Living e na Home Depot

Ainda seguindo a tendência do streaming, as companhias Martha Stewart Living e Home Depot se juntaram em 2017 para promover uma campanha de fim de ano. No caso, a ideia teve como base o conceito Do It Yourself (DIY).

A proposta foi realizar um ciclo de atividades especiais para que os consumidores conhecessem os produtos. As demonstrações ao vivo alcançaram milhares de pessoas, atingindo seu objetivo de expandir as vendas.

Os exemplos mostram claramente uma convergência das ações de live marketing dos pontos físicos para o meio digital. Porém, é possível unir o melhor dos dois mundos. O streaming de ações em tempo real na internet pode servir para distribuir e sortear brindes para o público. A divulgação dessas atividades durante uma live, por exemplo, ajuda inclusive a atrair público!

Entendeu como aproveitar os exemplos de live marketing na sua empresa? Então compartilhe este artigo nas redes sociais para que os seus amigos também conheçam essa estratégia!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-